20/08/2017

O que está acontecendo com a minha loja? 😱

Gif via Superinteressante
Olá, candies! Quem me segue as redes sociais têm visto que estou reformando meus moldes, hahaha! Isso explica o fato de eu não ter postado por aqui e nem me dedicado tanto nas redes sociais! Isso porque fazer moldes não é um processo tão simples, muito menos rápido. Eu fiquei cerca de uma semana e meia só mexendo nisso e acreditem... eu ainda não acabei. 
E sabem o que é pior? Eu ter que mudar as medidas das descrições dos produtos na loja, isso eu ainda não termineu também. E além disso tenho que mudar as descrições dos marketplaces que vendo 😱
Vocês não tem ideia de como isso é complicado, hahaha! Então não se assustem se entrarem na minha loja virem que tem peças com um tamanho e outras com outro, porque por enquanto ainda não consegui terminar de arrumar tudo. Porém quando alguém comprar algo que a medida ainda não foi arrumada, eu farei a gentileza - obrigação - de avisar que aquela medida foi modificada, porém ainda não foi atualizada, então podem ficar tranquilas.
Fiz esse post para deixar todos informados das mudanças que estou fazendo, que estão acontecendo porque as medidas que eu usava foram retiradas de um livro e eram um pouco menores do que as que normalmente se vende por aí, então essas novas serão medidas que vão ir do tamanho PP ao GG. Eu não trabalhava com o PP, porém a partir de agora irei trabalhar e algumas peças já estão atualizadas na loja.
Eu continuarei não trabalhando com tamanhos maiores que o GG. Isso porque não tenho condiçoes na minha empresa para trabalhar com peças muito grandes. Digo isso porque ainda não tenho um ateliê todo certinho e com mesas adequadas para manuseio desse tipo de peça, então me desculpem, minhas lindas 😌
Em breve terá coleção nova de primavera/verão e já com as medidas novas 💗

Gif via Space Amigos
Eu estou muito curiosa para ver como tudo vai ficar, e vocês, o que esperam da coleção nova?

30/07/2017

Quem foi o primeiro finalista do Prêmio Blog Alternativo?

Imagem via De volta ao retrô
Como vocês devem saber, estou fazendo um projeto bem legal para premiar o melhor blog alternativo! Então pedi para se inscreverem nesse post para que eu pudesse escolher somente os que se inscreveram. Finalmente estamos no fim do mês e eu escolhi o primeiro finalista!
Antes de falar sobre o blog, devo lembrar quais foram as regras:
- Possuir um blog ativo que seja alternativo, ou seja, que tenha um estilo gótico, rock, retrô, vintage, fofinho, etc... e que seja feminino (não serão aceitos blogs masculinos, quem sabe na próxima, sorry); e
- Morar no Brasil.

E aspectos avaliados: 
- Influência: Se os posts, tanto no blog, quando nas principais redes sociais, tem comentários, curtidas, etc. Isso serve para ver se você tem um conteúdo relevante que leva o público a interagir;
- Usabilidade do site: Se o blog é de fácil entendimento, se todas as ferramentas estão funcionando corretamente, etc;
- Identidade visual: Será analisado se a identidade do blog tem a ver com o que ele quer passar;
- Organização: Se a organização dos posts, banners, redes sociais estão agradáveis para quem visita o site;
- Qualidade das imagens: As fotos enriquecem muito um blog, então, é preciso fotos lindas e de boa qualidade;
- Qualidade de escrita: É preciso que a escrita do blog esteja correta e de fácil leitura;
- Originalidade: Será analisado se os posts são inovadores tanto em relação ao próprio blog, quanto a blogosfera em geral.

Com base nos aspectos, eu fiz uma lista para cada blog que se inscreveu dando pontos de 0 a 10. Infelizmente tiveram alguns blogs que nem eram dos estilo, então esses não foram avaliados. Mas todos os que se encaixaram em alguns dos estilos citados nas regras, foram avaliados e estou pensando em enviar essas avaliações por e-mail, para que cada um saiba em que podem melhorar, o que acham?
Enfim, agora chegou a hora de descobrir qual foi o primeiro blog finalista, hahaha! 

Imagem via De volta ao retrô
É o blog De volta ao Retrô, lindamente lindo! Eu já conheço esse blog há bastante tempo e quando a Ariadne se isncreveu eu já pensei "Poxa, vida, e agora?", mas ontem na hora de avaliar cada blog, outros também tiraram nota 10 em todos os aspectos, porém acabei escolhendo o dela.
O blog De volta ao retrô existe desde 2013 e ela posta sobre vários assuntos, como design, moda, beleza, decoração e outros assuntos bem interessantes que ela transmite muito bem em seus posts.
Eu não vou entrar em mais detalhes, o que posso dizer é que vale a pena visitar o blog da Ariadne, pois tem muito conteúdo de primeira lá! Visitem e depois me contem o que acharam!

Se você que se inscreveu está lendo esse post, visite e saiba no que você pode melhorar, pois pode ser o próximo finalista! E se ainda não se inscreveu, a hora é agora: Prêmio Blog Alternativo.

26/07/2017

Qual a diferença entre a minha blusa de R$80 e uma blusa de R$20?


Afinal, por que eu não vendo minhas peças por R$20,00? Muitas pessoas acham que o valor que eu cobro não é tão justo, pois não é uma marca conhecida, nem mesmo as fotos são perfeitas, mas eu tento, né? Hahaha!
Pensando nisso e lendo por aí sobre o assunto, eu resolvi fazer esse post para informar sobre o que acontece no mundo da moda e como empresas tão grandes, que tem muitos gastos, conseguem vender uma blusa bem parecida ou até mais trabalhosa por R$20,00 ou menos.
Recentemente eu fiz uma blusa de veludo bem linda (essa aqui) e o valor dela é exatamente esse, R$80,00. E andei vendo por aí umas blusas muito parecidas por R$20,00, daí eu até brinquei com quem queria a minha blusa, que era para comprar lá porque a minha era bem mais cara, mas como a pessoa é legal, comprou a minha mesmo.
Mas o que, afinal, tem de diferente na minha blusa? Primeiramente, o tamanho da minha empresa importa muito, porque como faço poucas peças, eu também compro pouco material, o que diferencia no preço, que é bem mais alto do que se eu comprasse vários rolos de tecido.
Depois desse primeiro custo, vem a divisão deles entre as peças que faço. Esses custos são: internet, energia, plataforma, email, manutenção, propaganda, salário e mão de obra (que não recebo quase nada) e vários outros custos que tenho que cobrar nas peças, que como são poucas, consequentemente não consigo dividir de forma que eles não fiquem tão altos para cada uma.
Agora imagino que vocês estejam começando a entender o motivo de eu não conseguir vender as minhas blusas por R$20,00, não é mesmo? 

Imagem do Instagram
Pois é, depois disso vem o meu trabalho, que como quem que acompanha sabe, eu que faço todos os processos, desde a pesquisa até o envio, então eu preciso ganhar algo por isso. Infelizmente ainda não consigo cobrar nem um saláro mínimo, sim, acreditem... Por isso eu até evito de dizer que vendo as coisas por um preço justo, porque não é justo para mim... mas, vamos seguir, porque quanto mais eu vender minhas lindas pecinhas, daí sim vou conseguir cobrar um preço justo, pois vou conseguir manter essa faixa de preço razoável e ganhar um salariozinho que dê para sobreviver, hahaha! 
Eu já evoluí muito, hoje consigo deixar os preços mais altos. Até digo que foi "burrice" ter começado com um preço lá em baixo e só recentemente ter mudado isso, porque acabei não tendo lucro nenhum e conseguentemente não consegui investir. Por isso sou muito grata ao meu marido e aos meus pais que sempre me ajudaram a investir no meu negócio, porque sem eles eu não iria conseguir nada, ainda mais que no começo não tinha conhecimento. Estou sempre estudando formas de melhorar e fazer esse negócio dar certo. Ainda bem que está dando! 
Também preciso agradecer às minhas clientes lindas e alguns clientes homens que compram coisas para suas amadas, hahaha! Muito obrigada por tudo! Vocês são demais, amo vocês!

Gif via Claraboia
Maaaaas, vale lembrar que não é porque uma peça custa R$80,00, R$100,00 ou mais que isso, que ela usa processos justos. Tem muitas empresas que vendem peças mais caras que isso, porém usam trabalho escravo, importações, enfim... elas só vendem caro por causa do nome. Então, vale conhecer bem a história por trás das lojas que vocês compram!

13/07/2017

Como eu comecei a gostar de rock e quais as minhas bandas favoritas?

Gif via Aki Gifs
Hoje é Dia Mundial do Rock. O que isso quer dizer? Que eu lembrei de como tudo começou. O meu gosto por rock começou quando eu tinha uns 10 anos, em que eu ganhei um CD com a trilha sonora do Homem Aranha, hahahaha! E nesse CD tinha muitas músicas bacanas de bandas que eu gosto até hoje. Eu ficava o dia todo ouvindo e uma das minhas músicas favoritas era Meant to Live do Switchfoot. 


Depois disso, eu gostava muito de acordar cedo antes de meus pais para poder assistir os vídeos da MTV na televisão e torcia para alguma banda legal aparecesse!
Mas depois de um tempo eu comecei a gostar de umas bandas mais famosas que muita gente conhece, como o Nirvana, Red Hot Chili Peppers e Foo Fighters, mas isso não durou muito porque eu conheci outras bandas que eu gostava mais do estilo, como o Linkin Park. E é esse tipo de música que eu amo até hoje.
Tem muita gente que acha que eles são uns inúteis, mas isso é muita burrice... ficar xingando bandas e fãs, hahaha! Eu não ouço mais Linkin Park, só quando aparece algum vídeo deles nos relacionados do YouTube, mas as minhas bandas e cantores favoritos hoje são esses listados abaixo, em que com certeza o Switchfoot está, por mais que eles sejam de um estilo totalmente diferente das outras. Tem outras diferentes também, você vai ver!


Eu conheci o Manafest em 2014, desde então ele mudou um pouco, fazendo músicas mais rap do que rock, mas no CD desse ano, tem várias músicas de volta sendo do estilo que todos os fãs gostavam. Ele deve ter percebido que foi bobeira mudar tanto, hahahaha!


Como eu disse no início, conheci essa banda quando eu tinha 10 anos, e desde então eles sempre fizeram o tipo de música que eu gosto muito, mas nos últimos anos também mudaram muito, ficaram com um estilo que eu não gosto, mas enfim, eles com as músicas antigas continuam sendo a minha banda favorita, haha!


Essa aqui eu conheci quando tinha 15 anos, mas eles não tem músicas novas há muito tempo, e nem postam no Facebook desde ano passado. Mas vale a pena conhecer porque tem muitas músicas legais para quem gosta desse estilo!


Essa eu também conheci quando eu tinha 15 anos, hoje em dia não ouço tanto quanto as outras, mas só de lembrar dá muita saudade de ouvir as músicas deles no ônibus, acho que vou voltar a ouvir, hahaha!



Essa eu até deixei por último, porque foge muito do estilo das outras, mas eu amo muito. Se é algo que eu também gosto são músicas de bandas antigas, eu tinha outras bandas, mas meu cartão de memória com as músicas estragou e tive que colocar um de pouca memória, daí tive que excluir as outras e deixei só essa banda.

Até dia 16/07/2017 a minha loja estará com 10% de desconto! 

08/07/2017

Prêmio Blog Alternativo 2017 - Participe!


Olá, candies! Recentemente eu venho pensando em como fazer para ter coisas novas na internet. Porque tudo parece estar um pouco parado, principalmente no meio alternativo. Posts sempre iguais, coisas que já não são tão legais como eram antes... sei lá. Acho que precisamos nos reiventar. Sim, nos reinventar, não apenas vocês, mas eu também.
Pensei muito nisso e cheguei a conclusão de que eu posso fazer algo para melhorar isso, e que vai ajudar tanto outros blogs alternativos a melhorarem quando me incentivar a fazer posts legais também!
Então eu preparei uma ideia para premiar o blog mais criativo e legal do mundo dos blogs alternativos, e como isso vai acontecer?
Para participar é preciso que se inscreva no formulário abaixo, sendo que deve cumprir as regras, que são:
- Possuir um blog ativo que seja alternativo, ou seja, que tenha um estilo gótico, rock, retrô, vintage, fofinho, etc... e que seja feminino (não serão aceitos blogs masculinos, quem sabe na próxima, sorry); e
- Morar no Brasil.
Regras extremamente simples, não é mesmo? Mas agora que fica difícil...

A escolha do melhor blog vai ser feita levando em consideração alguns critérios:
- Influência: Se os posts, tanto no blog, quando nas principais redes sociais, tem comentários, curtidas, etc. Isso serve para ver se você tem um conteúdo relevante que leva o público a interagir;
- Usabilidade do site: Se o blog é de fácil entendimento, se todas as ferramentas estão funcionando corretamente, etc;
- Identidade visual: Será analisado se a identidade do blog tem a ver com o que ele quer passar;
- Organização: Se a organização dos posts, banners, redes sociais estão agradáveis para quem visita o site;
- Qualidade das imagens: As fotos enriquecem muito um blog, então, é preciso fotos lindas e de boa qualidade;
- Qualidade de escrita: É preciso que a escrita do blog esteja correta e de fácil leitura;
- Originalidade: Será analisado se os posts são inovadores tanto em relação ao próprio blog, quanto a blogosfera em geral.



O que eu quero com isso? Eu quero que vocês se permitam e se "obriguem" a melhorar. Sim, pois os critérios utilizados não são para nada além de levar vocês a melhorarem e fazerem do seus blogs os melhores da internet!

E a seleção?
Ela será feita uma vez por mês até o mês de dezembro! Sim, dezembro, para dar tempo de, caso seu blog não esteja de acordo com todos os critérios, você possa melhorar até lá e poder ser escolhida!
Ao todo, serão escolhidos 6 blogs e desses será escolhido 1 que irá ganhar alguns prêmios, que são:
- Um troféu exclusivo que vamos fazer para a ganhadora;
- Um vale compra de R$100,00 na loja My Little Candy;
- Uma entrevista para esse blog;
- Divulgação nas minhas redes sociais com direito a post patrocinado no Facebook e Instagram.

É um prêmio ótimo que só visa ajudar a melhorar a blogosfera alternativa. Eu não estou pedindo para vocês fazerem nada além de participar. Então, mãos à obra!

26/06/2017

Como tirar medidas para roupas nas compras online?

Imagem via Rais'Ta Partisse
Você sabe como tirar medidas para comprar roupas na internet? Então, sei que muitas pessoas não sabem como funciona essa ideia de comprar online, principalmente roupas, em que o problema é servir, ficar grande ou pequeno, enfim, existem muitas dúvidas sobre isso.
O que acontece na maioria das vezes: Você sabe que veste tamanho M, por exemplo, com base nas roupas que já tem. Isso, na maior parte dos casos, funciona muito bem. Porém, não existe um padrão de medidas para as roupas femininas, ou seja, cada empresa cria a sua tabela de medidas e daí fazem a partir dela. Por isso é comum vermos peças que são tamanho G e parecem P e peças P que parecem G, hahahaha! Eu tenho várias peças assim.
A última blusa de frio que comprei é tamanho P, mas parece GG, fica gigante para mim, mas como gosto, é a minha favorita. Comprei ela usada, primeiro que não tenho grana e segundo porque gosto de comprar coisas usadas mesmo, assim economizo comprando uma roupa que para a pessoa já não agrada mais!
Mas indiferente se for usada ou nova, as dicas que vou dar agora servem para ambas. Um problema de grande parte das lojas virtuais é não fornecer as medidas em centímetros. Caso não tenha, você pode entrar em contato com a loja para tirar essa dúvida e saber se é o seu tamanho mesmo, pois como escrevi há pouco, cada empresa tem a sua medida.

Imagem via Observa SC
A primeira coisa que você deve levar em consideração é a elasticidade do tecido que a peça é feita, porque se estica, as suas medidas podem ser um pouco maiores do que as ditas na descrição. Caso não tenha elasticidade, é bom que as suas medidas sejam até um pouco menores para garantir o conforto.
As medidas são muitas, mas as mais importantes na hora de comprar uma peça são: Pescoço, busto, cintura, quadril, manga, punho (quando é manga comprida) e comprimento da peça.
Então, primeiramente você precisa de uma fita métrica, caso na sua cidade não tenha lojas de armarinhos, você pode comprar nas lojas de 1,99 mesmo, pois tendo uma fita você pode se medir sempre que precisar!

Imagem via Burda
A largura do pescoço deve ser medida na base dele, deixando mais ou menos o espaço de um dedo dentro da fita para ficar um pouco folgado e garantir o conforto.

Imagem via Burda
A largura do busto deve ser medida contornando a fita métrica na parte mais saliente do busto passando pelas costas também!

Imagem via Burda
Para medir a cintura, o local certo é a parte menor depois do quadril, cerca de 4 dedos abaixo do busto. Daí então, é só contornar com a fita.

Imagem via Burda
O quadril, a parte que é medida é a mais saliente das nádegas, cuidando para que a fita fique certinha na parte de trás do corpo, onde você não vê muito bem, caso esteja se medindo sozinha.

Imagem via Burda
A largura da manga deve ser medida na parte mais larga do braço, um pouco abaixo da axila.
A medida do punho é retirada da mesma forma, só que no punho, onde começam as mãos.

Imagem via Burda
O comprimento da manga deve ser medido a partir do ossinho de cima do ombro até o comprimento especificado na peça que está na loja virtual. Daí você verá se o tamanho é o adequado. Caso a manga seja comprida, você precisa dobrar um pouco o braço para conferir se a manga não vai ficar curta quando você fizer isso no seu dia a dia.

Comprimento do vestido Vandinha
Para tirar a medida do comprimento, você deve analisar onde a peça começa. Se for um vestido, você deve medir começando na base do pescoço, passando pelo busto, até na medida informada pela loja.
Caso seja uma saia de cintura alta, a medida vai começar na cintura, cerca de 4 dedos abaixo do busto, até o comprimento especificado na loja.

Tem mais alguma medida que não está aqui e você acha importante? 
Deixe um comentário que eu colocarei ela aqui também!

06/06/2017

A importância de comprar do pequeno empreendedor e ir contra o trabalho escravo

Imagem via Estúdio Tatu
Recentemente, o site Pequenas Empresas & Grandes Negócios postou sobre grandes empresas que usam trabalho escravo ou trabalho onde a pessoa recebe muito menos do que o necessário para viver... enfim, vocês sabem do estou falando, pois com tanta facilidade de informação, é cada vez mais comum lermos sobre isso na internet.
No post fala sobre o fato de mesmo com tantas "leis" as coisas não funcionam, empresários ainda preferem ter uma lucratividade maior do que seguir as leis, e sim, isso é por causa da falta de impunidade no país, que sabemos que acontece muito.
Infelizmente, a indústria têxtil é um dos ramos que mais utilizam trabalho escravo por causa da lucratividade. Basta pesquisarmos um pouco no Google que já vemos tantas e tantas notícias.
Isso acontece no mundo da moda porque "uma grande marca acaba contratando uma empresa externa para confeccionar as peças e essa empresa fecha um acordo com uma outra fábrica para realizar essa produção. Dessa forma, é na base da pirâmide que são encontrados trabalhadores vulneráveis."
Esse é um trecho retirado do site porque era impossível eu passar essa mensagem de maneira tão verdadeira. 
Existem casos bem famosos sobre isso, empresas grandes, pessoas muito ricas que ganharam dinheiro em cima desses funcionários, e simplesmente a sociedade abafa o caso, não fala mais nisso e continua comprando dessas marcas.
Muitas pessoas que gostam da minha loja sabem como é difícil trabalhar com peças feitas em pouca quantidade e prezam pelo trabalho dessas pessoas. 
No meu caso, sou eu mesma que faço todas as etapas da produção das peças. É claro que é impossível trabalhar de maneira 100% correta nos dias de hoje, onde não sabemos de onde as coisas vêm, mas eu procuro comprar meus materiais de pequenas empresas, para ajudar pessoas que trabalham como eu também. É difícil? Claro que sim, mas se todas fizermos o mínimo que podemos, pode melhorar.
Eu já li muitos posts de "blogueiras alternativas" sobre como peças feitas da mesma maneira que eu faço são caras e ainda usam a palavra "abusivo" para falar do valor delas. Bem, eu vou contar a verdade para vocês, se eu cobrar menos do que eu cobro pelas minhas peças, eu vou sair perdendo muito, mas muito mesmo... pois como faço peças em pouca quantidade comprando de lojas que não são grandes, o material é muito mais caro, daí tem o meu trabalho, os gastos que tem todo mês e o lucro para investir na empresa e ela não acabar... isso está tudo ali, mas ninguém pensa nisso, só pensam em como vão investir para comprar uma roupa de $5 nova com frete grátis.
É, porque não é possível que alguém pense outra coisa. Então, eu quero deixar essa ideia para vocês: Comprem de um pequeno empreendedor, de alguém que faz o produto, que tem amor pelo que faz, que fica pulando de alegria porque outra pessoa comprou e fica mais feliz ainda quando essa pessoa veio dizer que amou o que recebeu. 
Isso é lindo e não é difícil, é só tentar. Garanto que se você comprar uma vez de uma loja que faz as próprias peças, você não vai querer mais parar de fazer isso. Eu sou um exemplo disso, não posso entrar no site do Elo7 que já quero tudo, hahaha!

01/06/2017

Afinal, quem ganhou o "concurso" da foto mais bonita?

Olá, candies! Enfim, hoje é final do 01/06 e estamos um pouco atrasados com o resultado, mas enfim, agora hoje que é dia do resultado da promoção de aniversário, haha! Tivemos muitas participações e fotos lindas, espero que na próxima tenha ainda mais!
Agradeço a todas que participaram, se eu pudesse, presentearia todas, mas tivemos que escolher só uma.
As minhas parceiras escolheram as fotos que mais gostaram e depois eu decidi qual delas iria ganhar finalmente, e a ganhadora é:


A lindíssima Daniele com sua foto com o vestido Vandinha que comprou na nossa loja, muito amor, não é mesmo?
Ela postou várias fotos no Instagram dela (@daniicemin) e duas das minhas parceiras escolheram ela, não exatamente essa foto, mas foi a que eu e quem trabalha comigo escolhemos, então essa é a vencedora!
Eu vou entrar em contato com ela para parabenizá-la e ver o que ela vai escolher como prêmio!
Quero dizer que fiquei muito feliz com as participações, e pretendo fazer mais promoções assim com certeza!

E é isso, moças, aproveitando, tem promoção de dia dos namorados rolando na loja! São 15% de desconto até dia 12/06! Muito amor, né? 
Então aproveita para pedir para seu namorado te dar aquela peça que você está namorando faz tempo, hahaha!

09/05/2017

Aniversário da loja? Vai ter presente de até R$100,00? Sim, sim!

Imagem feita por mim usando uma foto da cliente Ingrid
Olá, candies, tudo bem com vocês? Para quem está por dentro do que está acontecendo, eu perguntei na página da loja e em meu perfil no Facebook sobre o que as pessoas queriam para comemorar o aniversário da loja, que é dia 16 de maio. A loja estará completando um ano, agora imaginem a minha felicidade de poder estar fazendo as coisas que gosto e sei que vocês também! Hahaha, demais, não é mesmo?
Grande parte das pessoas que responderam gostariam que fizéssemos um sorteio. Aqui é onde se encontra o problema, pois sorteios são coisas problemáticas, pois tem o problema das pessoas que participam só para ganhar o prêmio, mas não tem nada a ver com a loja. Isso muitas vezes deixa as próprias clientes um pouco desanimadas, pois elas que deveriam ganhar!
Só que sabemos que existem muitas pessoas que amam a loja, só que por terem outras prioridades, nunca compraram conosco, mas que sempre acompanham e ajudam divulgando, comentando e afins! Então nada mais justo do que essas pessoas que também se identificam poderem participar!
Eu fiquei pensando por muito tempo em algo que pudesse gerar uma espécie de interação entre nós, e não apenas colocando seu nome e coisas afins. Então o que eu pensei? Pensei em fazer uma votação, que não será por meio de curtidas nem nada do gênero. Essa votação será feita pelas minhas parceiras, quem trabalha comigo e também por mim mesma. Isso é muito legal, pois acaba com aquela ideia de votos comprados e qualquer coisa que sabemos que acontecem nesse meio da internet.
A ideia é a seguinte:
- Postar no Facebook ou Instagram (@mylittlecandyoficial) uma foto de um look que sirva de inspiração para outras pessoas. Essa foto pode ser com qualquer roupa, porém deve seguir o estilo da loja, ou seja, com uma pegada mais alternativa, tendo como base os estilos retrô e rock and roll. A roupa não precisa ser da loja.


- Na descrição da imagem deverá ser colocada uma breve descrição como preferir. A loja deverá ser marcada para que possamos ver quem está participando. Também é importante postar em modo público, pois caso contrário, não aparecerá para nós.
- A escolha não será com base em curtidas nem nada do gênero. Como disse acima, ela será feita a partir de votação entre as minhas parceiras, quem trabalha comigo e por mim.
- Os critérios que serão avaliados:
1 - Fazer parte do estilo alternativo retrô e/ou rock and roll;
2 - Boa qualidade da imagem;
3 - Criatividade;
4 - Se como conteúdo inspirador, ficou algo bonito.

O prêmio para quem for escolhida, será uma peça da loja de até R$100,00. Um presentão, não é mesmo? O resultado será divulgado no dia 31/05/2017. As regras são super fáceis, garanto que todas vocês têm ou conseguem tirar fotos lindas para poder participar, então vamos lá? 

17/04/2017

Como era a moda de 1920?

Imagem via História da Moda
Olá, candies! Hoje vou falar um pouco sobre como era a moda de 1920. Existem muitas coisas que gostamos e que não gostamos das épocas passadas, e uma das coisas que eu gosto (e acredito que vocês também gostam) é de alguns elementos da moda no passado. 
Em 1920 teve a geração chamada Bright Young Things e as pessoas dessa época queriam ter uma certa aparência, igual nós queremos ter hoje, por mais que queiramos ter um pensamento diferente e defender todos os tipos de estilos.

Imagem via História da Moda
A aparência que desejavam nessa época era magra com seios  que não aparentassem por baixo da roupa, ou seja, um busto achatado e não arredondado como vemos hoje em dia. A cintura nessa época também era mais baixa.
O comprimento dos cabelos característicos da moda era bem curtinho e quase sempre acompanhava um chapéu chamado cloche, que parecia um mini capacete, não é mesmo? Muito fofo, hahaha! Quero muito um chapéu assim!

Imagem via História da Moda
Outra característica marcante dessa época eram os braços a mostra, que eram deixados assim durante o noite e também de dia.
Algo que pode ser chamado de tendência da época eram as meias em tom da pele, elas cobriam as pernas e eram mostradas até na altura do joelho, onde terminava a barra dos vestidos.

Imagem via SOBRANCOEPRETO
Os tecidos dessa época eram bem levinhos e esvoaçantes, acho lindo a forma como eram a barra das saias, em que muitas vezes tinha babados, rendas, partes assimétricas, tudo lindo demais, incluindo os detalhes das peças!

E aí, o que acham da moda de 1920? É inspiração para vocês?

14/04/2017

Veludo para as temperaturas baixas! Oh, yeah!

Imagem via MooRoses
Olá, candies, como estão? Nos últimos dias, aqui onde moro teve uma mudança de temperatura, está bem friozinho, bem bom para usar roupinhas fofas, haha!
Uma das tendências para esse ano é o veludo. Confesso que sou totalmente contra essa coisa toda de tendência. Eu estudo moda, gosto desse "universo", mas essa é uma coisa que eu não gosto, pois não acho que roupas são feitas para usar por dois meses e depois deixar jogadas por aí. Não mesmo! Tanto que eu só compro o que realmente gosto e sei que vou usar e sou muito defensora dessa ideia.
Mas como eu sou completamente apaixonada por veludo, uso desde que comprei uma saia em 2014, resolvi fazer esse post. Depois que comecei usar, viram que eu gostava e acabei ganhando várias outras peças de veludo. 

Saia de veludo
Ano passado quando comecei minha loja, eu fiz uma saia de veludo, mas nem estava pensando que poderia ser moda e tal, apenas fiz porque acho muito bonita e sei que o meu público gostaria, e daí esse ano fiz um vestido "maravilindo" inspirado na Mortícia, ficou demais mesmo, espero ter fotos logo das pessoas que compraram, apesar de ter certeza de que fica lindo nas outras pessoas porque já vi pessoalmente uma cliente vestindo.

Vestido Mortícia
Uma das coisas que acho demais no veludo é o fato da textura, acho tudo tão macio (meu gato que o diga, um dia ele deitou em cima de uma pedaço de veludo e ficou virando, passando a cabeça, coisa mais fofa, hahaha!).

Imagem via By AnaK
Ele também tem um brilho muito bonito, acho que isso é o que as pessoas mais gostam nele. E o mais legal é que dá para combinar com praticamente tudo, e isso é demais!

Imagem via Zombie Fashion Society
Um dos jeitos que mais gosto de combinar no inverno é com meia-calça, botinha ou sapato oxford, fica muito lindo! Muita gente acha o veludo muito quente, só que eu não acho, eu sempre uso e mesmo no verão eu não me incomodo com ele. Claro que ele é ótimo para o inverno, é quentinho, mas se você nunca usou e tem medo que esquente demais, não é assim, pode ficar tranquila, hehe!
Digam aí, o que acham do veludo?

05/04/2017

6 ideias de looks com vestido Vandinha para o friozinho


Olá, candies! Essa semana resolvi inovar por aqui, tirei umas fotos rapidinho de ideias de looks com o vestido Vandinha, em que eu combinei com as minhas roupas e acessórios favoritos. Gostei muito da experiência, com certeza vou fazer novamente com outras peças tirando fotos no corpo mesmo, para ficar mais bonito, hehe! 
Nesse primeiro look, combinei com um cinto que tenho há muitos anos nas cores marrom e preto, meia calça preta, cardigan marrom que também comprei faz tempo e meu sapato oxford da melhor marca, (hahaha!) a Wirth, tenho esse sapato há 5 anos e ele é muito bom, além de lindo e combinar com praticamente tudo.


Nessa segunda ideia de look eu fiz praticamente a mesma ideia, só que sem o casaco, que seria para dias que não estão tão frios, como está hoje aqui onde moro, haha!


O terceiro look eu combinei com um sapato também da Wirth de salto alto, meia calça preta e uma jaqueta azul, fica muito lindo também! *-*


Nesse quarto look eu combinei com os mesmos acessórios do anterior, mas como é para um dia mais frio, coloquei um casaco bem grande e a meia calça também mais grossa.


No quinto look combinei com a jaqueta, meia calça e o sapato oxford, que também combina maravilhosamente bem com essas peças.


No último look combinei um cardigan preto, meia calça, sapato oxford bicolor (que também é muito bom, da marca Opananken) e essa bolsinha de gatinho, que não largo desde que eu comprei.
Eu não sou adepta de comprar coisas da China, um dos casacos que tem aqui é de uma loja de lá, que recebi de uma parceria de uns anos atrás, quando eu não ligava para isso. Mas essa bolsa foi um problema, porque eu queria uma bolsa de gato, estavam vendendo na Enjoei e daí comprei, até me arrependi, mas agora não adianta mais, hahaha! Mas vou fazer de tudo para não comprar mais artigos importados.

E aí, como combinariam esse vestido?

20/03/2017

As vantagens (e desvantagens) de comprar online

Imagem via Mylife Askari
Bem, como devem ter percebido, eu não posto há algum tempo. Eu estava indo muito bem, mas daí o que acontece? O computador estragou e eu acabei ficando duas semanas sem ele, daí acumularam tantas coisas para fazer, que não tive tempo nem de pensar em escrever aqui.
Enfim, agora que já me expliquei, eu posso escrever sobre o que eu queria, que é sobre as vantagens e também as desvantagens de comprar pela internet.
Eu sou uma das pessoas menos consumistas que eu conheço, mas se tratando de compras na internet, eu sou campeã. Compro muita coisa (que é necessário, é claro), desde roupas, móveis, capinha de celular, etc. E pela experiência que tive nesses últimos quatro anos comprando online, eu resolvi fazer um post sobre isso.
Algumas vantagens de comprar pela internet são:
  1. Variedade: Nós, que gostamos de uma moda mais alternativa, nem sempre moramos em cidades que possuem lojas de roupas assim, não é mesmo? Sim, sei bem como é isso! Então, uma das vantagens é que na internet existe uma variedade quase infinita de produtos e assim podemos escolher entre milhares de lojas.
  2. Comodidade: Já pensou poder comprar o que quiser sem sair de casa, ficar no trânsito, ter que explicar para o vendedor o que você quer, etc? Isso é possível na internet e agrada muita gente. Eu amo sair de casa, mas não gosto de entrar em lojas porque não gosto de falar com vendedores. E depois de um desentendimento que eu tive ano passado numa loja, daí que eu não quis mais saber mesmo de lojas físicas, haha!
  3. Preço: Como na internet as lojas não precisam necessariamente ter um bom ponto de venda, mas sim apenas um lugar para estoque e/ou fabricação, os custos são beeeem menores e isso ajuda no preço, que na maioria das vezes, dependendo do tipo de coisa que queremos, sai bem mais barato que em lojas físicas.
Infelizmente existem muitas desvantagens de comprar online também:
  1. Experimentação: Como só vemos o produto por fotos, não podemos tocar nem experimentar ou qualquer coisa parecida, então esse é o maior problema. Temos que esperar para poder receber e ver se vai atender nossas expectativas. Por isso é muito bom ver se a loja tem boas práticas em relação a troca e devolução. Ah, uma coisa que nem todo mundo sabe, é que todos os produtos comprados de maneira que não possam ser experimentandos, seja por internet, telefone, e-mail, etc, podem ser devolvidos em até 7 dias corridos após recebimento e isso sem nenhuma explicação, por qualquer motivo mesmo, então fiquem espertos! ;)
  2. Segurança: Com tanta facilidade de acesso a informaçao na internet, ainda tem pessoas que insistem em enganar os outros. Tem várias lojas que fazem propaganda, fotos bonitas, falam bem, mas hora de atender o cliente e/ou entregar, são péssimos. Então eu sempre aconselho a ver os depoimentos na própria loja e redes sociais, pois a segurança é fundamental para evitar cair em ciladas e ter seu dinheiro roubado.
  3. Correios: Era para ser nossos amigos, mas às vezes eles insistem em nos estressar, haha! Grande parte das lojas virtuais usam os Correios para enviar suas encomendas, pois só assim é possível enviar para o Brasil todo. Porém, é preciso estar cientes de que os Correios podem atrasar e até mesmo perder a encomenda. Em relação à isso, eu aconselho a sempre ver nas políticas da loja se ela trabalha com seguro e se responsabiliza por devolver o dinheiro ou enviar outro produto em caso de estravio, pois muitas lojas tentam ser espertinhas não se responsabilizando por coisas assim.
Bem, depois de tudo isso, resta dizer que para todas as desvantagens, tem com amenizar essas coisas, então chego a conclusão de que vale a pena sim comprar na internet! E é por isso que eu compro e sempre quando alguém fala que vai comprar alguma coisa, eu já falo que é para procurar na internet, porque tem muita loja legal com ótimas práticas, então é só tomar alguns cuidados que tudo sai perfeitamente bem! 
E aí, contem-me o que acham de comprar na internet!

20/02/2017

A gola Peter Pan

Imagem via Fatos Desconhecidos
E aí, candies, quem gosta de gola Peter Pan? Sim, eu sei que grande parte de vocês gostam e acham muito fofas, haha! Elas surgiram no século XIX, mas fizeram sucesso mesmo a partir da década de 1920.

Maude Adams - Imagem via James Matthew Barrie
Elas levam esse nome porque a atriz Maude Adams usou um traje com esse estilo de gola na primeira vez que a peça Peter and Wendy, de J.M. Barrie, foi produzida nos Estados Unidos.

Blusa Florida
Hoje em dia as golas do estilo são muito utilizadas com detalhes em peças simples, o que cá entre nós, fica muito lindo e fofinho. Existem golas feitas de materiais diversos, como algodão, renda, couro, enfim, as possibilidades são muitas, até mesmo com pérolas e pedrarias diversas.
Grande parte das golas que são usadas em roupas para o dia a dia são pequeninas, porém nos desfiles de moda por aí sempre são vistas golas grandes.

Imagem via Garota Eco
Também existem golas que são removíveis, grande parte dessas podem ser compradas em lojas na internet e elas normalmente são bem enfeitadas, algumas vezes com metais e outras aplicações diversas.

Imagem via Viva o Retrô!
Hoje em dia as golas que estão fazendo muito sucesso são as que contrastam com a(s) outra(s) core(s) da peça de roupa, como pretas ou brancas. É claro que tem muitas pessoas famosas que gostam da ideia, como a Zooey Deschanel.

Vestido Triângulos
É um estilo muito fácil de ser usado e eu amo a ideia de usar com saias godê e também acho lindo os vestidinhos feitos com essa gola... É muito amor, não é mesmo?

14/02/2017

A saia godê

Imagem via My Little Candy - Saia Morceguinhos
E aí, quem gosta de saia godê? o/ Grande parte de nós, não é mesmo? Eu particularmente acho o melhor modelo de saia para quem quer que seja, eu não ligo nem um pouco para o que leio em alguns blogs falando que saia godê não é para todo mundo, não sei o que... mimimi... eu acredito que todo mundo é livre para gostar do modelo de roupa que quiser e pessoas que não são magras ficam ótimas de saia godê e não há o que me faça mudar de ideia, é só procurar na internet por saia godê para gordinhas e você vai se deparar com uma lindeza sem fim. *-*

Imagem via My Little Candy - Saia Naipes
Eu não sou gordinha, na verdade uso P, mas tenho o quadril bem largo, o que faz com que roupas que são para a parte de baixo do corpo tenham que ser M para saias e G para calças/leggings, etc. E sim, muita gente acha que não fica bom para quem tem quadril largo e blábláblá, mas eu acho lindo em mim e em outras moças também, tendo quadril largo ou não.

Imagem via Pinterest
Bem, agora começando a falar do que eu realmente vim falar: a saia godê, que nos faz muita referência à década de 1950, porque nessa época elas ficaram muito populares, porque nesse mesmo tempo surgiu o New Look de Christian Dior, embora a criadora original da saia estilo poodle tenha sido outra pessoa, Juli Lynne Charlot.

Imgem via My Little Candy - Saia com Suspensório
Existem dois tipos de saia godê, uma delas é o godê inteiro, que fica muito mais volumosa e rodada e o godê simples, que como o nome diz, é simples e não tem muito volume (eu particularmente gosto muito dessa, porque não voa tanto quando se sai por aí, haha). Ela é um modelo que acho lindo porque acentua as formas femininas e cria um contraste bem grande porque tem a parte da cintura fininha e a barra da saia bem larga, e eu acho esse efeito muito legal.

Imagem via Portal do Dog
Nos anos 1950, as saias desse estilo que mais fizeram sucesso foram as saias poodle, em que algumas tinham muitos enfeites bonitinhos e como eram muito rodadas, dava para dançar rock and roll (que também era muito comum na época) de uma forma muito interessante como vemos várias moças no vídeo:


Imagem via Dicas de Mulher
Hoje em dia as saias godês são feitas dos mais diversos materiais e tem os mais variados modelos também, e é algo muito fácil de combinar. 

É um modelo lindo, né? Conta aí o que você acha de saia godê!