30/03/2015

A invenção do jeans

Imagem via GQ
Hello, candies! Tudo certo com vocês? Lembram que eu falei recentemente que iria fazer mais posts relacionados com a moda e história da mesma? Pois bem, aqui estou eu com uma breve (bem breve!) história da invenção do jeans.
Esse post trata basicamente da história do modelo 501 da Levi. Levi Strauss tinha um armazém na cidade de São Francisco, ele fornecia tecido para Jacob Davis, que era um alfaiate da região. E como seus clientes tinham o problema de rasgar muito facilmente suas calças de trabalho, Davis teve a brilhante ideia de usar rebites de metal para dar reforço nos pontos que mais desgastavam. E claro que isso foi um grande sucesso, mas Davis precisava de dinheiro para patentear tal invenção, por isso se uniu a Strauss. Em 20 de maio eles receberam a patente de número 139.121 e assim nasceu o jeans. Por volta dos anos 1890, os "macacões de cintura alta" - sim eles eram chamados assim - receberam o número 501. O nome "jeans" foi dado à eles por volta de 1960.


08/03/2015

Invenções têxteis da Revolução Industrial

Imagem via Histoblog - A "Jenny Giratória"
Hello, candies! Sei que faz um bom tempo que eu não posto nada aqui, quebrando assim minhas promessas feitas a mim mesma sobre postar aqui com bastante frequência, mas todo o tempo que fiquei longe daqui tem algumas explicações, como: a) eu estava sem saber o que postar; b) eu estava e ainda estou triste o bastante para não querer postar nada aqui por estar desempregada e sabendo que ninguém vai me contratar por motivos relacionados a horários. E depois de quase um mês sem postar, aqui estou eu com um post que eu senti que tinha que fazer, por ser um assunto super interessante sobre invenções têxteis, e lá vamos nós!
Bem, as invenções têxteis  do período que conhecemos como Revolução Industrial começou quando, em 1733, o engenheiro inglês John Kay inventou a lançadeira, que nada mais é do que um acessório mecânico para teares de mão que acelerava muito o processo de tecelagem.
Lá em 1764, outro inglês, o James Hargreaves inventou a "Jenny Giratória" (a máquina da foto acima), que é uma máquina manual que tem a capacidade de girar 16 rolos de fios de tecido de uma única vez.
Um tempo depois, em 1769, outro inventor inglês chamado Richard Arkwright patenteou um filatório hidráulico que conseguia girar rolos de fios de tecido mais fortes do que era possível fazer manualmente.
Dez anos depois, em 1779, novamente na Inglaterra, Samuel Crompton finalizou sua "Mula Giratória", que era uma máquina que combinava as características da "Jenny Giratória" com o filatório.

Imagem via Guia do Estudante - Tear mecânico
Em 1785, na Inglaterra, Edmund Cartwright patenteou o primeiro tear mecânico. Dois anos depois ele também inventou uma máquina para pentear a lã.

Imagem via Museu Virtual de Informática - Tear Jacquard
Em 1801, agora na França, Joseph-Marie Jacquard inventou o tear mecânico automático que podia entrelaçar os fios. Essa máquina foi a primeira máquina programável de todos os tempos, e tinha os padrões de entrelaçamentos controlados por cartões com buracos, e para mudar o desenho no tecido era preciso alterar o padrão dos buracos.

Imagem via Museu de Antigas Máquinas de Costurar
Em 1851, o inventor norte-americano Isaac Singer inventou a primeira máquina de costura de pesponto. Tal máquina utiliza dois rolos de linha, onde a agulha com o fio de uns dos rolos atravessa o tecido por cima e o segundo fio é passado pelo primeiro por meio de uma lançadeira que se movimenta por baixo. Esse mesmo modelo de máquina já tinha sido inventado em 1843 pelo norte-americano Walter Hunt e patenteado por Elias Howe, porém a máquina de Singer aperfeiçoou tal invenção.

Imagem via BBC
Em 1856, o químico inglês William Perkins descobriu a anilina, que foi o primeiro corante artificial.

E aí, gostaram do post? Nos próximos posts provavelmente vão ter algumas invenções da moda, aguardem!