20/03/2017

As vantagens (e desvantagens) de comprar online

Imagem via Mylife Askari
Bem, como devem ter percebido, eu não posto há algum tempo. Eu estava indo muito bem, mas daí o que acontece? O computador estragou e eu acabei ficando duas semanas sem ele, daí acumularam tantas coisas para fazer, que não tive tempo nem de pensar em escrever aqui.
Enfim, agora que já me expliquei, eu posso escrever sobre o que eu queria, que é sobre as vantagens e também as desvantagens de comprar pela internet.
Eu sou uma das pessoas menos consumistas que eu conheço, mas se tratando de compras na internet, eu sou campeã. Compro muita coisa (que é necessário, é claro), desde roupas, móveis, capinha de celular, etc. E pela experiência que tive nesses últimos quatro anos comprando online, eu resolvi fazer um post sobre isso.
Algumas vantagens de comprar pela internet são:
  1. Variedade: Nós, que gostamos de uma moda mais alternativa, nem sempre moramos em cidades que possuem lojas de roupas assim, não é mesmo? Sim, sei bem como é isso! Então, uma das vantagens é que na internet existe uma variedade quase infinita de produtos e assim podemos escolher entre milhares de lojas.
  2. Comodidade: Já pensou poder comprar o que quiser sem sair de casa, ficar no trânsito, ter que explicar para o vendedor o que você quer, etc? Isso é possível na internet e agrada muita gente. Eu amo sair de casa, mas não gosto de entrar em lojas porque não gosto de falar com vendedores. E depois de um desentendimento que eu tive ano passado numa loja, daí que eu não quis mais saber mesmo de lojas físicas, haha!
  3. Preço: Como na internet as lojas não precisam necessariamente ter um bom ponto de venda, mas sim apenas um lugar para estoque e/ou fabricação, os custos são beeeem menores e isso ajuda no preço, que na maioria das vezes, dependendo do tipo de coisa que queremos, sai bem mais barato que em lojas físicas.
Infelizmente existem muitas desvantagens de comprar online também:
  1. Experimentação: Como só vemos o produto por fotos, não podemos tocar nem experimentar ou qualquer coisa parecida, então esse é o maior problema. Temos que esperar para poder receber e ver se vai atender nossas expectativas. Por isso é muito bom ver se a loja tem boas práticas em relação a troca e devolução. Ah, uma coisa que nem todo mundo sabe, é que todos os produtos comprados de maneira que não possam ser experimentandos, seja por internet, telefone, e-mail, etc, podem ser devolvidos em até 7 dias corridos após recebimento e isso sem nenhuma explicação, por qualquer motivo mesmo, então fiquem espertos! ;)
  2. Segurança: Com tanta facilidade de acesso a informaçao na internet, ainda tem pessoas que insistem em enganar os outros. Tem várias lojas que fazem propaganda, fotos bonitas, falam bem, mas hora de atender o cliente e/ou entregar, são péssimos. Então eu sempre aconselho a ver os depoimentos na própria loja e redes sociais, pois a segurança é fundamental para evitar cair em ciladas e ter seu dinheiro roubado.
  3. Correios: Era para ser nossos amigos, mas às vezes eles insistem em nos estressar, haha! Grande parte das lojas virtuais usam os Correios para enviar suas encomendas, pois só assim é possível enviar para o Brasil todo. Porém, é preciso estar cientes de que os Correios podem atrasar e até mesmo perder a encomenda. Em relação à isso, eu aconselho a sempre ver nas políticas da loja se ela trabalha com seguro e se responsabiliza por devolver o dinheiro ou enviar outro produto em caso de estravio, pois muitas lojas tentam ser espertinhas não se responsabilizando por coisas assim.
Bem, depois de tudo isso, resta dizer que para todas as desvantagens, tem com amenizar essas coisas, então chego a conclusão de que vale a pena sim comprar na internet! E é por isso que eu compro e sempre quando alguém fala que vai comprar alguma coisa, eu já falo que é para procurar na internet, porque tem muita loja legal com ótimas práticas, então é só tomar alguns cuidados que tudo sai perfeitamente bem! 
E aí, contem-me o que acham de comprar na internet!

20/02/2017

A gola Peter Pan

Imagem via Fatos Desconhecidos
E aí, candies, quem gosta de gola Peter Pan? Sim, eu sei que grande parte de vocês gostam e acham muito fofas, haha! Elas surgiram no século XIX, mas fizeram sucesso mesmo a partir da década de 1920.

Maude Adams - Imagem via James Matthew Barrie
Elas levam esse nome porque a atriz Maude Adams usou um traje com esse estilo de gola na primeira vez que a peça Peter and Wendy, de J.M. Barrie, foi produzida nos Estados Unidos.

Blusa Florida
Hoje em dia as golas do estilo são muito utilizadas com detalhes em peças simples, o que cá entre nós, fica muito lindo e fofinho. Existem golas feitas de materiais diversos, como algodão, renda, couro, enfim, as possibilidades são muitas, até mesmo com pérolas e pedrarias diversas.
Grande parte das golas que são usadas em roupas para o dia a dia são pequeninas, porém nos desfiles de moda por aí sempre são vistas golas grandes.

Imagem via Garota Eco
Também existem golas que são removíveis, grande parte dessas podem ser compradas em lojas na internet e elas normalmente são bem enfeitadas, algumas vezes com metais e outras aplicações diversas.

Imagem via Viva o Retrô!
Hoje em dia as golas que estão fazendo muito sucesso são as que contrastam com a(s) outra(s) core(s) da peça de roupa, como pretas ou brancas. É claro que tem muitas pessoas famosas que gostam da ideia, como a Zooey Deschanel.

Vestido Triângulos
É um estilo muito fácil de ser usado e eu amo a ideia de usar com saias godê e também acho lindo os vestidinhos feitos com essa gola... É muito amor, não é mesmo?

14/02/2017

A saia godê

Imagem via My Little Candy - Saia Morceguinhos
E aí, quem gosta de saia godê? o/ Grande parte de nós, não é mesmo? Eu particularmente acho o melhor modelo de saia para quem quer que seja, eu não ligo nem um pouco para o que leio em alguns blogs falando que saia godê não é para todo mundo, não sei o que... mimimi... eu acredito que todo mundo é livre para gostar do modelo de roupa que quiser e pessoas que não são magras ficam ótimas de saia godê e não há o que me faça mudar de ideia, é só procurar na internet por saia godê para gordinhas e você vai se deparar com uma lindeza sem fim. *-*

Imagem via My Little Candy - Saia Naipes
Eu não sou gordinha, na verdade uso P, mas tenho o quadril bem largo, o que faz com que roupas que são para a parte de baixo do corpo tenham que ser M para saias e G para calças/leggings, etc. E sim, muita gente acha que não fica bom para quem tem quadril largo e blábláblá, mas eu acho lindo em mim e em outras moças também, tendo quadril largo ou não.

Imagem via Pinterest
Bem, agora começando a falar do que eu realmente vim falar: a saia godê, que nos faz muita referência à década de 1950, porque nessa época elas ficaram muito populares, porque nesse mesmo tempo surgiu o New Look de Christian Dior, embora a criadora original da saia estilo poodle tenha sido outra pessoa, Juli Lynne Charlot.

Imgem via My Little Candy - Saia com Suspensório
Existem dois tipos de saia godê, uma delas é o godê inteiro, que fica muito mais volumosa e rodada e o godê simples, que como o nome diz, é simples e não tem muito volume (eu particularmente gosto muito dessa, porque não voa tanto quando se sai por aí, haha). Ela é um modelo que acho lindo porque acentua as formas femininas e cria um contraste bem grande porque tem a parte da cintura fininha e a barra da saia bem larga, e eu acho esse efeito muito legal.

Imagem via Portal do Dog
Nos anos 1950, as saias desse estilo que mais fizeram sucesso foram as saias poodle, em que algumas tinham muitos enfeites bonitinhos e como eram muito rodadas, dava para dançar rock and roll (que também era muito comum na época) de uma forma muito interessante como vemos várias moças no vídeo:


Imagem via Dicas de Mulher
Hoje em dia as saias godês são feitas dos mais diversos materiais e tem os mais variados modelos também, e é algo muito fácil de combinar. 

É um modelo lindo, né? Conta aí o que você acha de saia godê!

08/02/2017

Como combinar estampas?

Imagem via My Little Ice Cream
Hoje eu escolhi escrever sobre um assunto bem legal: estampas! Elas deixam nossos dias mais alegres, pois muitas vezes são coloridas e chamam a atenção de quem gosta dos mesmas coisas que nós, não é mesmo? É... às vezes chama a de quem não gosta também, mas faz parte, haha!
Então, mas como diz o título do post, isso é aqui é sobre combinação de estampas. Porque estou fazendo esse post? Porque muitas vezes queremos combinar coisas que gostamos, mas não sabemos como e também tem muita gente que acha que não dá certo... mas dá sim, é só fazer direitinho que fica lindo! Então vamos lá!

Imagem via Atrevida
O segredo para combinar estampas de maneira harmoniosa é o contraponto. O que é contraponto? Segundo o significado que aparece no Google quando procuramos por isso é 'a arte de sobrepor uma melodia a outra' e com as estampas não é diferente. O que devemos tomar disso então? Isso mesmo, agrupar estampas que tem escalas de tamanhos diferentes, ou seja, combinar estampas grandes com pequenas. Padrões diferentes também são muito combináveis, como é o caso das listras com floral.
Algo que dá uma sensação estranha até em quem olha é a combinação de duas estampas grandes ou de duas estampas pequenas. Se não fica bom combinar isso, então o que fica? 

Imagem via Prisca Modas
É muito simples? Um exemplo bem imaginável é a combinação de uma estampa bem pequena e outra bem grande ou com intervalos maiores entre elas, como mostra a imagem acima.

Imagem via The Velvet Black
Outra ideia é combinar estampas que são bem nítidas com estampas mais irregulares, como fez a lindíssima Alice para o blog dela, o The Velvet Black. Ela não é daqui, mas os looks são bem lindos *-*

E aí, gostam de combinar estampas ou acham que não fica bom de jeito nenhum?